25/08/2008

Casos do dia - Cães enforcados em galinheiro

A minha alma fica parva com tamanha estupidez e crueldade.

Não há adjectivos que qualifiquem este acto tão despropositado e hediondo. Fico horrorizada com este tipo de notícia, que só vem de facto reforçar a ideia que esta "gente" não merece o ar que respira e deviam ser eles próprios condenados de forma idêntica.

A meu ver, o pagamento de uma contra ordenação é demasiadamente brando para quem comete este tipo de crime maquiavélico. Ainda para mais tendo em causa que o alegado criminoso foi em tempos um agente da autoridade. DA AUTORIDADE!?!?!?
Será nesta "autoridade" que deveremos confiar a nossa segurança? Profundamente lamentável....

Se o Sr. em causa não mais tem que fazer, que vá jogar ás cartas ou coleccione selos, mas que deixe viver quem tem tanto esse direito como ele próprio.
Enfim, tenho dito!

Dois cães foram enforcados na passada terça-feira tendo a "cena macabra" sido testemunhada pela própria dona dos animais.

Maria da Luz contou que a casa onde reside, no Caminho das Voltas, está em obras e na passada terça-feira quando acordou não viu os dois animais na sua residência.
Decidiu procurá-los. "Acabei por encontrá-los numa cena macabra. Tinham sido enforcados", contou não deixando de se mostrar horrorizada com o que assistiu.

Maria da Luz adiantou também que um indivíduo, conhecido na zona por praticar actos de malvadez a animais (envenenamentos e agressões à paulada), não terá gostado que os cães fossem atacar as galinhas. E para mostrar reprovação pelo acto "deixou-os pendurados por um gancho" no interior do galinheiro, adiantou.

A queixosa disse ainda que o alegado agressor é reformado da PSP e sempre que tem animais doentes "como não tem paciência para cuidar" abandona-os junto a um tanque também situado no Caminho das Voltas.

A senhora ainda pensou registar o momento através da câmara do telemóvel, para que servisse de prova, mas no momento ficou em estado de choque que não conseguiu ter forças para registar a cena.
Maria da Luz vai apresentar queixa hoje na Sociedade Protectora de Animais Domésticos (SPAD) através do preenchimento de um formulário de denúncia e maus tratos em animais.

Depois a SPAD encaminhará a queixa às autoridades competentes para que sejam tomadas as medidas adequadas.A se confirmar a autoria da agressão aos animais o indivíduo incorre no pagamento de uma contra-ordenação que está regulamentada na Lei.

Dnoticias - Casos do dia 25/08

2 comentários:

Eduardo disse...

quem havia de ser enfordaco era esse f...ha cá cada tipo de gente...o mal é que fica bem ter um animal de estimaçao..ou entao so para fazer vontade aos filhinhos, mas quando estes crescem....se as multas fossem iguais a de gente, com penas ate de prisao, sera que as ofensas aos animais continuavam?

Xana Abreu disse...

Pois é Eduardo..tal como tu eu também fico revoltada com esta gente maldita e ressabiada.
A minha natureza nunca foi violenta mas este tipo de notícia dá-me um ódio de tal forma que a minha vontade seria aplicar-lhes exactamente o mesmo castigo!
Não acredito em justiça divina, mas espero que um dia todos eles de uma forma ou outra, tenham aquilo que realmente mereçem!

Content Copyright ©2009-2011 - Powered by Xana Abreu