19/11/2008

O adeus ao Pedro :´(

Ontem tive a dolorosa missão de me despedir do "Drofer".

Nunca antes tinha visto nada assim: Havia um mar de gente desgostosa naquela que será a última morada do Pedro. A adesão parecia ser para "a despedida de uma celebridade", disse eu!

Desde a família "Redline" da qual fiz parte num passado recente a caras conhecidas de outros meandros, foi um verdadeiro "mar de gente" prestar a última homenagem ao nosso amigo Pedro.
Tiro o chapéu á homenagem que foi feita pelos adeptos das motorizadas, que me foi particularmente tocante.

Sou uma inegável amante das duas rodas e julgo que por esse motivo fiquei deveras sensibilizada pelo gesto dos motard's que com muito pragmatismo e pesar, alinharam as suas máquinas em todo o percurso que percorremos.

Foi doloroso como outra coisa não seria de esperar, mas simultâneamente não poderia deixar passar esta oportunidade sem enaltecer o gesto dos motard's que muitas vezes são (injustamente) alvo de muitos estéreotipos.

A participação destes no final da cerimónia foi quanto a mim ainda mais tocante, pois despediram-se dele e do local de forma muito "sui generis" com acelerações ensurdecedoras e sincronizadas.

Quase prefiro acreditar que esteja onde estiver, o Pedro terá ficado muito orgulhoso de ter reunido tantos entusiastas do meio que ele tanta amava. A eles e pelo tributo feito, os meus agradecimentos!

Renovadas condolências á família e muita força para ultrapassarem esta negra fase.

Á Carla estimo as minhas sinceras melhoras e que recupere na íntegra da violência do impacto que sofreu.

7 comentários:

Carlos disse...

Muito bonitas as tuas palavras Xana.

Um momento sem duvida, extremamente doloroso e arrepiante. Jamais esquecerei o ultimo adeus ao nosso amigo Pedro.

Esteja ele onde estiver, que descanse em paz.

clay

Alexandre Pinto disse...

Faço minhas as palavras da Xana.

Sandro Silva disse...

Duro, muito duro o dia de ontem...
Arrepiante a quantidade de gente presente naquele hora...Os bons são assim.
Uma palavra de apreço e de muita força aos pais e ao irmão.
Parabéns a Xana pelo blogue.

Xana Abreu disse...

Pois é...temo que as nossas vidas percam a nota colorida que era preenchida por ele.

Nunca me hei-de esquecer que no início de um dos jantares onde tivemos o prazer de confraternizar com ele, o Restaurante em causa ofereceu-nos o aperitivo e ele de forma muito impetuosa e séria deu um soco na mesa e exclamou: Não não. Eu quero pagar!! Risada geral pois 'tá claro. É assim que quero e vou guardar a imagem que tenho dele.

Alive & kicking Pedro. SEMPRE!!

Nélio Coelho disse...

Amiga Xana...
As tuas palavras são de uma profundida muito tocante!

As sensações vivadas no dia de ontem foram tanto de dor como de "orgulho"! Dor, porque foi o último Adeus; Orgulho, porque tive o prazer de conhecer o Pedro, por ter sido amigo dele e compartilhado com ele momentos que não têm forma de ser descritos!

Para mim em especial foi um dia demasiado "confuso"... Aquele que supostamente seria um dia para comemorar o meu aniversário, onde o próprio Pedro me tivera dito "vamos para os copos", afinal tornou-se num dia inesquecível, não pela alegria, mas sim pela cerimónia e pela dor de ter que fazer uma última despedida ao meu eterno colega, amigo, "irmão", PeDROFERreira... :(

Depois tem algo que tenho que dizer! Tenho muito a agradecer à "velha armada" daquele tal primeiro Redline pois, foram vós que me proporcionaram a grande oportunidade de conhecer o Pedro e foi através do nosso "velhinho" fórum que eu e o Pedro criámos uma bela e grande amizade!

... Devo-lhe muito daquilo que hoje sou e tenho, e jamais o esquecerei por isso e todo o resto que ele me proporcionou desde que nos conhecemos!

Para mim, PeDROFERreira será eterno e eternamente lembrado!

R.I.P. meu amigo DROFER!

ps.: Xana, obrigado por essas tuas palavras e este teu blogue! De muito valor!... e desculpa meu testamento, mas não se me esgotam as palavras na hora de recordar esta grande pessoa!

Xana Abreu disse...

Nélio,

Obrigada pelo teu contributo e pelas tuas gentis palavras.

Todos os que pela sua vida passaram têm tido uma palavra a dizer. Cada um á sua forma é certo, mas unânime quando nos referimos ao quanto gostamos dele e á falta que nos irá e já está fazendo.
Nesse aspecto Nélio, qualquer "testamento" é sempre pouco para exprimir tudo aquilo que teríamos a dizer sobre ele, por isso estás á vontade!

Continuações :)

Carlos D‘alves disse...

Xana belas palavras com muito sentimento... votos de muita força aos amigos e principalmente aos familiares.

Content Copyright ©2009-2011 - Powered by Xana Abreu