02/09/2012

Os cães sentem mesmo os nossos problemas

Cães aproximam-se de pessoas que demonstrem angustia
Foto: Getty Images

Os cães talvez tenham maior empatia connosco do que qualquer outro animal, incluindo nós próprios. Confortar pessoas angustiadas, por exemplo, pode estar mesmo implementado no cérebro canino.
Um recente estudo, publicado na Animal Cognition, concluiu que os cães podem ser realmente os melhores amigos do Homem, sobretudo se a pessoa estiver de alguma forma angustiada. Essa pessoa angustiada nem precisa de ser alguém que o cão conheça previamente.
“Eu penso que existem bons motivos para suspeitar que os cães são mais sensíveis ás emoções humanas que qualquer outra espécie” disse a co-autora Deborah Custance à Discovery News. “Nós domesticamos os cães por um longo período de tempo e fizemos uma criação seletiva para eles se comportarem como nossos companheiros. Assim, os cães que responderam de forma sensível ás nossas pistas emocionais tiveram maiores chances de serem os escolhidos como animais de estimação e de criação” concluiu.
Custance e a colega Jennifer Mayer, ambas do departamento de psicologia da University of London Goldsmiths College, expuseram 18 cães a 4 encontros separados de 20 segundos cada com humanos, entre os quais se encontravam tanto os donos como estranhos.
Numa das experiências, as pessoas emitiram sons a simular aflição e fizeram de conta que estavam a chorar. A maioria dos cães tentou confortar a pessoa, independentemente de ser o próprio dono ou um estranho. Os cães atuaram de forma submissa, aninhando-se e lambendo as pessoas. As investigadoras afirmam que este comportamento é consistente com empatia, preocupação e tentativa de dar conforto.

Fonte: Mundo dos Animais

2 comentários:

Ivo disse...

mConcordo consigo, se não fazemos um carinho ou não falamos com eles, os cães ficam cabis-baixos. Agora, mudando de assunto, em Entrada 16 ao Caminho do Monte, St Luzia, tem lá uns 12 gatos com as crias. Se nada for feito, temo pelas suas vidas. Já tenho um gato e é um bom animal de companhia. Se alguém quiser adotar, passe por lá, por favor. Os vizinhos agradecerão. Obrigado, o pai da Luzia.

Xana Abreu disse...

Muito boas tardes e obrigado pelo seu comentário.
Relativamente aos gatos e às crias e à sua adopção, seria muito mais fácil que alguém os levasse a uma Associação e aí sim teriam o tratamento necessário.


Muito obrigado,

Xana Abreu

Content Copyright ©2009-2011 - Powered by Xana Abreu